A Dieta da Alma

Os cuidados com o corpo tornaram-se uma marca do nosso tempo. Quase uma obsessão. Não faltam dietas, academias, cirurgias plásticas, palestras, voltadas para enaltecer a boa performance física. Vivemos uma espécie de “religião” do corpo, com o culto à forma e às medidas. Uma veneração à estética da aparência, com o sacrifício oferecido no altar da sociedade das imagens, onde vale aquilo que se vê.
Conquanto seja importante cuidar da saúde física, do corpo e da aparência, a noção de vida saudável vai além dos limites da exterioridade. Saúde intergral implica cuidados com a interioridade, com os sentimentos e as emoções que habitam a alma humana.
Um dos princípios básicos das dietas alimentares é o corte de tudo o que é prejudicial ao organismo. Não é possível um corpo sadio sem a eliminação de toxinas, do excesso de gorduras e de tudo o mais que comprometa a saúde, através da alimentação inadequada. Se o corpo exige cuidado, como nega-los à alma?
A alma também adoece. Alguns sentimentos são como toxinas, com alto poder de contaminação. Vida saudável pressupõe, também, emoções sadias, sentimentos descontaminados , livres das ações danosas do orgulho, da amargura, da vingança e do ódio, por exemplo. Eles produzem uma obesidade mórbida em nosso interior.
Toda pessoa orgulhosa é doente e não se dá conta disso. O orgulho conduz ao isolamento e se fundamenta numa grande ilusão: a de querer ser aquilo que não se é. Por isso, o orgulhoso é um tolo que passa a vida fazendo mal de si mesmo. Libertando-se do orgulho, a pessoa libera o coração para expressar outros sentimentos mais saudáveis.
Pessoas amarguradas vivem com a alma sangrando, gotejando lágrimas de um eterno sofrer. A amargura produz ressentimentos, mágoas e o desencanto da vida. Adoece o olhar, retirando-lhe o brilho e a beleza. Geralmente, a amargura revela nossa incapacidade de perdoar e superar frustrações e dissabores.
A vingança é um outro mal que deve ser cortado de dentro de nós. O espírito vingativo é próprio de uma alma enferma. A vingança é a arma dos fracos, dos que não tem Deus no coração. A vida dá sempre muitas voltas; ela mesma se encarregará de esclarecer muitas coisas. Nada melhor do que um dia atrás do outro, e o futuro entregue à Deus!…
De todos os males que comprometem a saúde interior, nenhum é tão nocivo como o ódio. Ele é uma espécie de tumor maligno na alma humana. É um câncer invisível, mas que contamina toda a existência – corpo, alma e espírito. Ele é irracional. Diabólico. Terrível!…
Cuide bem do seu corpo. Elimine tudo que contamina seu organismo. Todavia, não deixe sua alma adoecer. Combata as toxinas que comprometem seus sentimentos e emoções. Elabore uma dieta para sua alma, à base do amor, do perdão, da humildade e da alegria. Deite-se no divã de Deus e descubra que ser feliz é, também, ser livre!

Estevam Fernandes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s